Sexta-feira, 28 de Maio de 2010

.../...

 

Esmael olha Isaura com ar maroto e ela não entendia porque.

 

Esmael.. O que estás para ai a dizer? Já sei a Andreia falou contigo,

foi-te contar um monte de palermices.

 

Isaura.. Mas que dizes, ela está a sofrer, que lhe andas tu a fazer

ou a dizer, se realmente gostas dela encara e vai de cabeça

que também já mereces estar bem e ser feliz.

 

Esmael agora já ria a bom rir, Isaura continuava sempre muito preocupada,

fazia perguntas umas a traz das outras sem lhe dar tempo de responder.

Foi então que reparou que o seu amigo já nem o ouvia, ria á gargalhada.

 

Esmael.. Isaura, pára, deixa-me falar, acalma-te.

Ela é louca, anda atrás de mim que nem carrapato,não quero nada

com ela, tem sido uma vergonha, faz cenas em todo o lado.

 

Isaura... É lá, isso é grave, ela afirmou que tu a adoras que a amas loucamente,

que ias a casa dela e ficavas deliciado em estar na tua casa, até te

davas muito bem com as crianças. Olhas para ela cono se olhasse o mar

em seus olhos, foste ter com ela á secretária e disseste que já não podias viver sem ela

pois estás no teu gabinete e não deixas de pensar nela. Agora vens-me dizer

que é ela que inventa tudo isto.Não entendo. Eu estive a ouvir uma louca

alucinada que te caiu no prato da sopa

Esmael.. É para veres onde estou metido, passa o tempo a mandar-me mensagens,

mais loucas ainda, algumas já apaguei, mas ainda tenho aqui metade de uma no tlm

que te mostro.

Esmael pegou no telefone foi á caixa de mensagens e Isaura pode ler realmente uma

Srª mensagem sem começo:

 

_"não tenho K descarregar em ninguém.Mas não pensei K levasses o meu comportamento

para esse lado.Eu gosto de ser dominada por ti...-e fogo - tu estás a dominar-me mesmo "-

 

 

 

A mensagem acabava sem fim também pois este pedaço era o restante

de muitas outras que tinha, sido apagadas num momento de fúria.

 

Esmael.. Eu só sou amigo dela e é o que sempre serei, mais nada, não a

quero como mulher nem como amante.Ela é louca, está possuída.

Não tenho paciência.

Isaura já nem ouvia, ria á gargalhada de tirar o fôlego e claro teve uma crise de asma

pois não conseguia parar de rir.Estava a imaginar Esmael, vestido de cabedal

com mascara preta e chicote, Andreia de langeri vermelha a apanhar uns açoites

e a gritar o nome do amado para que lhe desse mais que ela gostava do seu domínio.

Como é que com isto Isaura podia parar de rir, era impossível, lembrava-se da

mensagem e do cabedal, do cabedal e da mensagem e a sua imaginação fluía e

mais gargalhava.

 

No dia seguinte, no bar, Isaura estava descansada a tomar o seu pequeno almoço.

Chegou Andreia que logo se colou e voltou á carga: - " estive a conversar telepaticamente

com Esmael e foi maravilhoso,ele confirmou  o seu amor a sua entrega total"

Isaura viu logo que tinha escolhido mal o horário para o seu descansado

pequeno almoço, agora tinha de a aguentar mais as suas alucinações.Andreia foi

falando e Isaura comendo, já nem lhe estava a saber bem, só queria comer depressa

e sair dali "socorro". Isaura lá foi dizendo que realmente Esmael gostava dela mas só

como amigo, que ela tinha confundido os sentimentos, que as manifestações de carinho

que ela tinha sentido não passavam de preocupação de um amigo.

Andreia passou-se:

 

Andreia..- Eu já vi tudo, aquele sacana está a fugir, iludiu-me e agora que estou

caidinha não me quer.Já devia estar á espera disso, lidei 30 anos com um gajo

que no signo chinês é serpente e sei muito bem como são.O Esmael também é

serpente e agora vejo que me hipnotizou só para subir o seu Ego, agora não me quer.

Conseguiiu dominar um Touro , que sou eu, agora é que deve andar contente.

Ele não vale nada, como tem problemas e não consegue arranjar ninguém,

entretêm-se a lubridiar fulanas como eu, carentes.Devia imaginar, é um frustrado

nem uma queca consegue dar, só sabe brincar com os sentimentos dos outros.

 

 

 

 

Isaura estava farta da conversa, só queria fugir dali, foi gaguejando, tentando salvar

ou defender o amigo mas estava difícil, Andreia não dava tréguas, atacava com todas as armas.

Ela viu ali que realmente Andreia não estava bem, a sua sanidade mental estava muito mal,

mas essa mesma insanidade era já bastante conhecida publicamente, mas tinha piorado.

Estava perdida numa confusão de ideias e pensamentos.Perdida em sentimento baralhados

como se de um baralho de cartas se tratasse.

Fugiu dali, realmente aflita pois a colega não estava bem, mas ela nada podia fazer.Ajuda

só mesmo ouvindo quando Andreia assim o solicitasse, mais nada.

 

Dois ou três dias mais tarde, Andreia encontrou Isaura pelos corredores, confirmando e

agradecendo a ajuda prestada e que realmente já estava a conseguir esquece-lo

"ele não a merecia". Isaura mantinha-se séria,  ouvindo mas desejando desesperadamente

fugir para poder rir sem ofender a colega.

Como era possível alguém estar tão apaixonada e de repente, sim tão "desesperadamente

apaixonada", e de repente, só porque leva uma nega, esquece-o.Muito estranho, não é

assim que Isaura concebe o Amor, a paixão, para ela são sentimentos sublimes, mas que quando

nos atacam, colam-se tipo carrapatos, não despegam, não descolam e vão corroendo,

fazendo ferida, deixando marca.

Continuamos á espera de novos capítulos desta saga, ou não.

 



publicado por Momentos com Prlinpinpin às 15:22 | link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

...

...

...

Bruxa

...

Páginas antigas

Amor eu quero.

...

Sereia ou Baleia

Mudanças

arquivos

Janeiro 2015

Setembro 2012

Junho 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

tags

coisas de mim

livros e patifarias.

mudanças

mudar é bom

uiiii

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds